terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Álvaro Laborinho Lúcio no Grupo de Leitores da Biblioteca Municipal de Oeiras

No passado mês de Setembro o Grupo de Leitores da Biblioteca Municipal de Oeiras leu "O chamador" da autoria de Álvaro Laborinho Lúcio. 
No âmbito da participação das Bibliotecas Municipais de Oeiras no Festival do Primeiro Romance de Chambéry (França), "O Chamador" que marca a estreia do autor na ficção é um dos livros da lista de pré-selecção para este Festival.


Ao longo de quase 2 horas Álvaro Laborinho Lúcio falou sobre este diálogo entre a imaginação e a memória, entre a fantasia e a realidade, um homem do teatro vai desfiando a trama da sua vida passada. Das ruas, praças e dos becos por onde andou, ergue o cenário de uma terra de que se apropria como sua. Da gente, esquecida ou marginalizada, constrói um alfabeto de nomes, e escolhe as personagens que "chama" para o acompanharem no caminho que conduz a uma possibilidade de verdade.

Na estreia ficcional de Álvaro Laborinho Lúcio, a itinerância intelectual, a mobilidade geográfica e social, a diversidade de tipos humanos retratados e a total disponibilidade para melhor os conhecer e compreender derivam do riquíssimo percurso pessoal e profissional do autor.
Sempre ligado à Justiça, operando num setor da vida pública em que a garantia dos direitos de uns passa pela supressão dos direitos de outros, Laborinho Lúcio presta aqui homenagem aos proscritos e esquecidos da sociedade, e restitui-lhes a estatura humana que lhes é devida.


quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Livros Proibidos - Ciclo de Conversas - Adiamento da sessão de dia 22 para dia 29 de Outubro, quarta-feira, às 21H30




 

Por razões que se prendem com compromissos profissionais de Maria Flor Pedroso, a sessão prevista para o próximo dia 22 de Outubro foi adiada para o dia 29 de Outubro, quarta-feira, às 21H30, no Auditório da Biblioteca Municipal de Oeiras. O livro em análise será O Amante de Lady Chatterly, de D. H. Lawrence, pelo olhar de Paula Moura Pinheiro.
 
Devido à importância que atribuiu à paixão amorosa nos seus livros onde, muitas vezes, inclui as meticulosas descrições do amor físico, o autor britânico D. H Lawrence foi causador de acesa controvérsia, no seu tempo. Mais tarde passou a ser visto como alguém que revolucionou a prosa ficcional no século XX. Em 1928, já radicado em Florença, Lawrence publicou o mais célebre romance O Amante de Lady Chatterly alvo de sucessivas proibições e cujo texto integral só veio a público em 1959, em Nova Iorque. A obra incide sobre o relacionamento amoroso entre a mulher de um aristocrata inglês e um guarda-florestal da propriedade. O nosso autor nasceu em Eastwood, Reino Unido, em 1885 e veio a falecer aos 44 anos após publicação do romance, sem chegar a ver a obra publicada no seu país de origem. Na verdade, todos os seus textos envolveram sempre alguma polémica relativa às questões de publicação na pudica Inglaterra, herdeira da moral vitoriana na primeira metade do século XX. Não só foi destruída como não pôde ser vendida durante muitos anos pelo seu caráter erótico, da livre vivência do corpo e da sexualidade.
 
D.H. Lawrence pela voz e o conhecimento da jornalista Paula Moura Pinheiro. A não perder.

 
Informações

sábado, 11 de Outubro de 2014

Oeiras Internet Challenge- Edição Escolas


O Oeiras Internet Challenge, projeto da Câmara Municipal de Oeiras promovido através das Bibliotecas Municipais de Oeiras, consiste numa iniciativa anual em torno da pesquisa e seleção de informação na Internet.

A edição deste ano é dedicada aos alunos do 3º Ciclo e do Ensino Secundário do concelho de Oeiras no sentido de estreitar a cooperação com a rede escolar concelhia e alertar a comunidade escolar para a temática da literacia da informação, tendo como objetivo desenvolver as competências de pesquisa, seleção e avaliação de fontes de informação online.


Concorre e Ganha Prémios!


Inscrições: Até 17 de outubro na Biblioteca Escolar

Informações: http://oeirasinternetchallenge.blogspot.com
BM Algés: 210 977 483
BM Carnaxide: 210 977 432
BM Oeiras: 214 406 696

Grupos de Leitores de Oeiras na Time Out e no Expresso

Os Grupos de Leitores das Bibliotecas Municipais de Oeiras foram mencionados na edição da semana passada da revista Time Out e do jornal Expresso.
A decorrer desde 2007 os nossos grupos de leitores reúnem mensalmente na Biblioteca Municipal de Oeiras, Algés e Carnaxide, em sessões dinamizadas pelos próprios técnicos das bibliotecas, e sempre com um conjunto de leitores regulares, interessados e motivados.

Ao longo destes 7 anos e em mais de 180 sessões foram lidos c. de 50 títulos de livros e organizados encontros com escritores, cursos e workshops, visitas temáticas e sessões de cinema. Tivemos sessões mais participadas e animadas do que outras, e livros de que gostámos mais do que outros, mas sempre o gosto pela leitura, pela partilha de opiniões e pelo livro como forma de sociabilização foi enorme.

Obrigado a tod@s os nossos fiéis amigos de leituras!
 
Informações e inscrições:
Biblioteca Municipal de Oeiras, Algés e Carnaxide
 
 

sexta-feira, 10 de Outubro de 2014

Questionário sobre ebooks nas Bibliotecas Municipais de Oeiras


A Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras está a realizar um questionário que tem como objectivo aferir o interesse dos nossos utilizadores no formato ebook. Só através da sua opinião será possível adequar os nossos serviços às suas necessidades, numa perspectiva de melhoria constante.

A Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras agradece a sua colaboração no preenchimento do questionário disponível neste endereço: http://tiny.cc/5d53lw

quinta-feira, 9 de Outubro de 2014

Parabéns Patrick Modiano! Prémio Nobel da Literatura 2014.

A Academia Sueca atribuiu o Prémio Nobel da Literatura 2014 ao escritor francês Patrick Modiano.

"Pela arte da memória com a qual ele evocou os destinos humanos mais inatingíveis e descobriu a vida do mundo da ocupação [alemã]", destacou a Academia sobre a obra do escritor francês de 69 anos. Patrick Modiano é para muitos o mais importante escritor francês vivo. O escritor tornou-se o 11.º autor nascido em França a receber o Nobel da Literatura, escreve a Academia, e o 15.º de nacionalidade francesa.
Patrick Modiano nasceu a 30 de Julho de 1945, em Boulogne-Billancourt, num subúrbio de Paris.